Campanha Julho Amarelo de prevenção das hepatites virais

A Campanha “Julho Amarelo” foi instituída no Brasil pela Lei nº 13.802/2019 e tem por finalidade reforçar as ações de vigilância, prevenção e controle das hepatites virais.
A hepatite é uma inflamação do fígado que pode ser causada por vírus ou pelo uso de alguns medicamentos, álcool e outras drogas, assim como por doenças autoimunes, metabólicas ou genéticas.
Nem sempre a doença apresenta sintomas, mas quando aparecem, estes se manifestam na forma de cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras.

As hepatites virais podem ser transmitidas:

  • pelo contágio fecal-oral, especialmente em locais com condições precárias de saneamento básico e água, de higiene pessoal e dos alimentos;
  • pela relação sexual desprotegida;
  • pelo contato com sangue contaminado através do compartilhamento de seringas, agulhas, lâminas de barbear, alicates de unha e outros objetos perfuro-cortantes;
  • transmissão da mãe para o filho durante a gravidez (transmissão vertical);
  • por meio de transfusão de sangue.

O diagnóstico é feito por meio de teste disponível gratuitamente na rede pública de saúde via SUS.

Como se prevenir?
• Lavar bem as mãos
• Ingerir somente água filtrada ou fervida
• Lavar bem os alimentos antes do consumo
• Usar preservativos nas relações sexuais
• Não compartilhar com outras pessoas qualquer objeto que possa ter entrado em contato com sangue (seringas, agulhas, alicates, escova de dente, etc)
• Manter a carteira de vacinação atualizada.


Durante a Campanha, entre os dias 24 e 28 de julho, serão ofertados testes rápidos gratuitos de hepatites B e C, HIV/AIDS e Sífilis para toda população acima de 12 anos.

Veja o cronograma e faça o teste:

 

2   

3 

 4